PROJETO HORTA NAS ESCOLAS EM CORONEL SAPUCAIA

O projeto teve início em abril de 2013 com a reativação das hortas nas Escolas Municipais Ruy Espíndola, Maurício Rodrigues de Paula e Fernando Romanini, posteriormente a Secretária de Assistência Social e Cidadania aderiu ao projeto com a implantação dos canteiros no terreno onde ela fica instalada. O objetivo do projeto é promover a Educação Ambiental em relação a produção de alimentos, em especial hortaliças, promovendo ações que estreitem os relacionamentos dos alunos com o meio ambiente escolar.

As escolas nomearam um responsável pela horta, para então receber sementes, ferramentas, adubo orgânico. Foram feitas coletas e analises de solo para verificar a disponibilidade de nutrientes e fazer a correção. O controle de praga e doenças é feito utilizando o Manejo Integrado de Pragas, com o uso mínimo de pesticidas, garantindo a qualidade ambiental dentro da Escola. Estão sendo produzidos abóbora, alface, almeirão, beterraba, cebolinha, cenoura, couve, repolho, salsinha e tomate.
Na Escola Fernando Romanini há vários produtos que atingiram o ponto de colheita, principalmente a alface o qual é distribuído entre os alunos para levarem para suas casas ou então serem utilizados na merenda escolar. Na Escola Maurício Rodrigues de Paula há grande disponibilidade de cebolinha e couve, e já foi feita uma colheita de cenoura e alface, assim como na Escola Ruy Espíndola, que está com a couve e o almeirão que logo poderão ser colhidos.
A partir do segundo semestre o projeto ganhará novo incentivo, com a aquisição de mais sementes e corretivos do solo, além da ativação da horta na COMDAP a qual deverá receber atenção especial quanto ao manejo da fertilidade do solo, sendo que nos próximos dias a área de cultivo será preparada para receber calcário e para o preparo dos canteiros. Durante o mês de julho a prefeitura irá comprar as sementes e ferramentas para os colaboradores da horta conduzirem-na, além da orientação profissional visando a produção de alimentos de qualidade, baseado em princípios de otimização da utilização dos recursos naturais, principalmente o solo e a água.