Prefeita de Coronel Sapucaia diz que ex-prefeito abandonou o Município

As reclamações de prefeitos atuais não acabam. Depois de Nioaque e Aquidauana, foi a vez da prefeita eleita em Coronel Sapucaia, Nilcéia de Souza (PR), reclamar do antecessor, prefeito Rudi Paetzold (PMDB). A prefeita afirma que teve que começar a administrar em meio a um caos estabelecido pela administração anterior.

Entre as denúncias estão computadores com HD formatados, excluindo informações necessárias, maquinários e veículos sucateados, ônibus escolares sem condições de uso, estradas sem trafegabilidade, cidade sem coleta de lixo, telefones cortados, postos de saúde fechados e a Farmácia Municipal sem nenhum remédio básico para a população.

A prefeita diz ainda que os sistemas informatizados do Tribunal de Contas e do Tesouro Nacional não foram alimentados, o que pode gerar graves sanções ao Município. Entre as graves denúncias está a de que os valores referentes à INSS estão atrasados e a dívida chega a um montante que chega a R$ 1 milhão.

Nilcéia também afirma que mais de R$ 4 milhões em empenho foram cancelados, sem nenhum registro de restos a pagar na contabilidade. Com a situação de caos, a prefeita acredita que terá que refazer metas. Apesar da situação grave, a prefeita acredita que conseguirá resolver a situação. A primeira providência foi o corte de gastos e o pedido de apoio da população. (Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura)