Paranhos; Heliomar Klabunde poderá concorrer à eleição neste ano

Ex prefeito garante, em nota, que Lei da Ficha Limpa não o impede de retornar a vida pública


 
 
 
 
Um dos principais nomes político de Paranhos, Heliomar Klabunde (PSDB), está apto a retornar a vida pública. Assim afirmou o ex prefeito em nota produzida pela defesa emitida à imprensa. Heliomar já anunciou que retorna a carreira política, desta vez como vice prefeito, ao lado de Jeferson ‘da Maquisserra’. Na semana passada, foi anunciada sua pré candidatura.
O então líder nas pesquisas para as eleições deste ano, o ex-prefeito ficou, supostamente, inelegível a partir de decisão da Câmara Municipal, no dia 23 de fevereiro, quando quatro, dos noves vereadores, acataram o parecer do Tribunal de Contas do Estado, que rejeitou as contas da sua administração referentes ao ano de 2000.
Na nota, Heliomar explica os motivos pelo qual não se enquadra na Lei de Ficha Limpa, que estabelece que não basta a rejeição das contas, sendo necessário ainda saber se a rejeição se deu por ato ou fato que configure improbidade administrativa e se a prática possa ser considerada dolo, ou seja de vontade própria.
Heliomar administrou o município de Paranhos durante oito anos: de 1996 a 2004. O Tribunal de Contas rejeitou as contas do então prefeito correspondente ao ano de 2000. Segundo o relatório do TC, Heliomar não cumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal ao constar um déficit orçamentário de 11,35%, superior ao tolerado, que é de 5%.
Posição da Câmara Municipal
Embora cinco dos nove vereadores tenham votado contra o parecer do TCE, o que garantia a manutenção da plenitude dos seus direitos políticos, Heliomar, precisava do aval de seis vereadores, quórum de 2/3 da composição do Legislativo.
Desde 2006 o parecer do Tribunal de Contas estava na Câmara Municipal e os vereadores mantinham o processo engavetado.
Júlio Cesar de Souza (PDT), que atualmente é o pré candidato a prefeito, de oposição a Klabunde, foi o presidente da Comissão. Ao lado de Nilson Vanderlei Marques, Moacir Macedo e Orneis Fernandes votaram contra o ex prefeito.
Decidiram de forma favorável a Heliomar os vereadores, Gilbertco Alves Ferreira, Wanderléia Catto, Oscar Inácio, Aldinar Ramos Dias e Donizete Aparecido Viáro.
Fonte: A Gazeta News