Cel. Sapucaia: candidata a prefeita é denunciada por crime de falsidade ideológica

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPE/MS) recentemente ofereceu denúncia contra a vereadora e presidente da Câmara de Coronel Sapucaia e agora candidata a prefeita no município, Nilcéia Alves de Souza, por crime de falsidade ideológica. O autor foi o promotor de Justiça Etéocles Brito Júnior.
De acordo com informações do MPE, nos meses de março e abril de 2011, Nilcéia, junto com uma servidora pública ofereceram a Antônia de Oliveira uma certidão de nascimento em nome de Shirlei Virgulino de Oliveira para confeccionar seus documentos pessoais.
Desde então, Nilcéia, bem como a suposta servidora pública respondem a atos processuais e responderão até o final da condenação.
Ocorre que Antônia foi presa em flagrante na Delegacia de Polícia de Coronel Sapucaia, com posse dos documentos falsos ao tentar tirar sua carteira de identidade, alegando que a certidão de nascimento teria sido comprada da citada servidora no valor de R$ 100.
Ainda de acordo com as denúncias, a candidata a prefeita em Coronel Sapucaia,tinha interesse em obter vantagens eleitorais.
Ela instruía Antonia a falar com convicção o nome falso de Shirlei Virgulino na Delegacia de Polícia durante o ato de confecção da Carteira de Identidade falsa, que se obtida facilitaria o pedido do título de eleitor.